O Blog objetiva difundir conhecimento teórico e prático sobre a Previdência dos Militares. O foco continua sendo a PMERJ, mas, por certo, os militares de forma geral são os destinatários dos conteúdos postados. A análise e o entendimento dos Tribunais de Justiça permanecem e continuam sendo o norte para as questões previdenciárias polêmicas vividas pelos militares. Nosso Canal no Youtube: https://www.youtube.com/c/MilitarEstadual:

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Previdência Militar - De 11% para 14%. Resumo: Servidores públicos estatutários pagando pela imoralidade dos políticos com a "coisa pública".

Alíquota sobe de 11% para 14% para servidores e de 21% para 28% para entidades patronais. Todos os destaques da oposição são rejeitados


No projeto aprovado, a alíquota de 14%, somente será implementada aos servidores públicos estatutários, ativos e inativos, e aos beneficiários de pensão por morte de servidor público estatutário que tenham recebido total e integralmente os salários, incluindo o 13° salário. Após a sanção do governador do Rio, o prazo para cobrança da nova alíquota começa a ser cobrado em 90 dias.


http://odia.ig.com.br/economia/2017-05-24/alerj-aprova-aumento-de-contribuicao-previdenciaria-de-servidor-de-11-para-14.html

O incrível e lamentável, é ver políticos, que o próprio eleitor ajudou a eleger, a fim de que ele - eleitor - fosse representado em seus anseios enquanto cidadão e população, agindo como nos tempos da ditadura, impondo essas maléficas e perversas medidas (assim como a reforma da Previdência, e porque não dizer, até a Trabalhista), sob alegação de que é para o bem do Rio, para o bem da Nação... visando o bem comum. 

Homens "queimados" junto aos eleitores, no Brasil e no exterior, por fortes indícios de crime de corrupção, lavagem de dinheiro e outros bichos mais! E que, creio, por uma questão de razoabilidade, não deveriam mais estar "apitando" nesse cenário da política brasileira. Não se "mancam"! Não se envergonham do péssimo exemplo que deixarão na História Política Brasileira. "Caras de pau", sugadores contumazes da Nação! Querem continuar no poder causando sofrimento ao povo, mudando a vida dos que ainda acreditam num Brasil insubordinável. Vampiros de almas humildes e crédulas em seres humanos!

Mais do que covardes e desleais com aqueles que os elegeram, esses "roubadores" (de sonhos, inclusive), não trarão ou acrescentarão, enquanto no poder, qualquer benefício à pátria, ao povo, a população votante. 

Até quando...

De tudo, certo é que, em uma Sociedade saudável moralmente, esses homens já estariam fora do poder!

Veja a imagem abaixo. O leitor percebe alguma semelhança (do Brasil Colônia) com a grave situação econômica e moral em que vivemos, nesse momento:

                                                                                                          Caricatura - 1826.

Transcrito da pag. 27, do livro de História - Aprender Juntos - Raquel dos Santos Funari e Mônica Lungov - Ensino Fundamental.